Uma homenagem à mulher-mãe!

"E num dia de bendita magia, numa explosão de luz e flor, num parto sadio e sem dor, é capaz, bem capaz, que uma mulher da minha terra consiga parir a paz. Benditas mulheres." Rose Busko

sábado, 21 de abril de 2018

Pergunte a uma Doula

Quando uma mulher me procura para doulagem, sempre agendo uma entrevista. Uma oportunidade para que elas me conheçam, pra que eu as conheça e, a partir desse encontro, ela poder entender se eu serei a doula certa pra ela.

Mas muitas mulheres têm dúvidas sobre o que perguntar nesse encontro, então separei uma lista de perguntas que li um tempo atrás em um blog e achei muito úteis (as perguntas e respostas estavam em inglês e foram traduzidas por mim - algumas estão modificadas). Não se prenda a lista... monte a sua:

Você está disponível na minha data provável de parto?

R: Esse dado parece óbvio, mas é frequentemente negligenciado. Na verdade, na minha opinião essa pergunta deveria ser feita antes mesmo de agendar uma entrevista - não faz sentido desperdiçar o tempo de todo mundo (e correr o risco de se encantar) por uma doula que não está disponível.

Me conte sobre seu parto mais difícil.

R: Esta é uma boa oportunidade para dar uma olhada em sua experiência e também ouvir sobre sua perspectiva / filosofia em relação ao nascimento. É uma pergunta aberta que permitirá algumas boas idas e vindas entre você e ela.

Porque você se tornou doula?

R: Mais uma vez, uma ótima pergunta aberta que tem a possibilidade de desencadear um grande diálogo. Também permitirá que ela compartilhe um pouco de sua própria experiência pessoal e filosofia de nascimento.

Com quais obstetras ou parteiras você costuma trabalhar mais? Você tem alguma experiência com meu obstetra ou parteira (para fins desse texto, vamos chamar de assistente)? Por que ou por que não? 

R: A experiência com o seu assistente não é necessariamente um ponto decisivo, mas um bom relacionamento entre seu assistente e sua doula é certamente útil. E se você não sabe o que esperar, a  experiência dela também pode te ajudar a entender um pouco que tipo de parto as mulheres que ela atendeu conseguiram com profissional. Isso pode te dar alguma ajuda para sua escolha.

Quantos nascimentos você assistiu? 

R: Atente a questão da experiência. Uma doula que participou de 100 partos, mas o fez como adversária da equipe de nascimento, não é melhor do que uma doula que participou de 10 partos, mas que assistiu, aprendeu e cresceu. A experiência nos oferece sim, como doulas, a oportunidade de avançar a cada nascimento - ganhamos conhecimento, dicas e truques apenas se os procurarmos ativamente. Mas uma atitude bélica e conflituosa no cenário de parto tem mais a prejudicar do que a contribuir. Uma doula, antes, precisa aprender a apaziguar e negociar.

Você tem alguma experiência em atendimento de amamentação?

R: Se você planeja amamentar seu bebê, esta é definitivamente uma pergunta que você deve fazer a uma doula. A maioria das doulas fica um pouco após o parto para ajudar a nova mãe com o início da amamentação. Este é um período crucial e sua doula deve ter treinamento para te dar suporte apropriado. E não, o fato de ela ter amamentado seus próprios bebês não conta.

Você oferece algum serviço adicional? 

R: Antes pergunte a si mesma que tipo de serviços você deseja ao longo da gestação. Porque convenhamos, poder contratar o máximo de serviços em um único pacote é muito conveniente. Se você está querendo, por exemplo, um curso de cuidados, pintura de barriga, encapsulamento ou carimbo de placenta ou apoio ao aleitamento materno, por que não contratar uma doula que pode ajudá-la com tudo isso? E, ainda facilita negociar o valor quando agrupa os serviços.

Quantas gestantes você atende por mês? Quantas vezes você deixou de estar em um parto? Você tem uma doula back-up? Por que você escolheu ela? Vou conhecê-la?

R: Eu não acredito que haja qualquer número mágico de gestantes que uma doula deva atender por mês, mas você deve se sentir confiante na capacidade dela de participar do seu parto. Então entenda como o número bate pra você e respeite-se se não se sentir a vontade com alguém que faça 10 partos por mês. E seria legal conhecer a back-up, até porque, como doula, já vi muitas vezes posts frenéticos em grupos perguntando se alguém está disponível para um "backup de última hora". Eu não sei você, mas eu gostaria que minha doula tivesse uma ótima relação de trabalho e conhecimento profundo da personalidade e habilidades da doula que ela escolheu para enviar em seu lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário